Thaís Reiss*

*Os brasileiros interessados em investir na Flórida contam com auxílio e orientação em português na caminhada rumo ao sucesso empresarial. Atuando no mercado desde 1981, a Brazilian-American Chamber of Commerce of Florida (BACCF) foi fundada em Miami com a missão de fomentar os negócios entre o Brasil e a Flórida, oferecendo workshops e seminários tanto aqui quanto no Brasil.

A entidade, uma organização empresarial independente sem fins lucrativos, recomenda que o primeiro passo antes de se aventurar na terra do Tio Sam seja investir estrategicamente na aquisição de informações provindas de fontes renomadas, para entender as diferenças e peculiaridades do mercado. Para tal, a BACCF realiza há 15 anos o seminário “Como Ingressar & Investir no Mercado Norte-Americano”.

São três dias intensos de palestras, workshops, estudos de casos e visitas técnicas abordando temas como preparação de uma empresa para a internacionalização, aspectos jurídicos, tributação, finanças, estrutura corporativa, recursos humanos e tipos de vistos, ou seja, uma visão 360o ministrada por profissionais de alto calibre.

“O empresário brasileiro busca cada vez mais informações confiáveis que o auxilie em sua tomada de decisão”, diz Carlos Mariaca, que, além de consultor, é membro do conselho da BACCF e responsável pelo seminário que ocorrerá nos dias 30 de setembro, 1 e 2 de outubro de 2019 em Doral. “Não basta identificar as suas competências e competitividade, é preciso uma excelente assessoria por profissionais que já trilharam o caminho das pedras.”

Ao mesmo tempo que os Estados Unidos possuem um sistema simples e pró-negócios repleto de oportunidades, o nível de competição é altíssimo, e o empresário deve se preparar adequadamente. Um erro recorrente cometido pelos brasileiros que fracassam é fazer negócios, ou se associar, com quem lhes diz o que querem ouvir, e não com aqueles que lhes dizem o que eles precisam ouvir.

Atuando há quase 40 anos no mercado, a BACCF criou não somente o seminário “Como Ingressar & Investir no Mercado Norte-Americano”, bem como um Road Show para promover rodadas de palestras sobre o assunto em mais de 10 cidades brasileiras, além de diversos locais no Sul da Flórida.

“Existem ainda entidades como o Setor Comercial (SECOM) do Consulado Geral do Brasil em Miami, Enterprise Florida, The Beacon Council, APEX, a própria BACCF, entre outras, que oferecem assessoria e informação”, complementa Mariaca. “Quanto aos incentivos fiscais, tanto o governo estadual quanto os governos locais podem oferecê-los, no entanto estes são avaliados por projeto e baseados no escopo e abrangência do mesmo.  Vale observar que crédito e financiamento geralmente são providos por instituições privadas.”

O mercado norte-americano não é apenas o maior do mundo, é também um dos mais inovadores, com mão-de-obra bem qualificada, recursos, capital e um ambiente de negócios muito menos burocratizado. Para se aprofundar e participar do seminário, acesse www.brazilchamber.org.

*Thais Reiss é coordenadora de Relações Públicas da Brazilian American Chamber of Commerce of Florida (BACCF)