A Helibras, subsidiária brasileira da Airbus Helicopters, entregou à Marinha do Brasil, na última sexta-feira (28), o primeiro modelo H135, com configuração multimissão. O helicóptero já havia sido apresentado no evento dos 103 anos da Aviação Naval, em agosto deste ano. A aeronave será integrada ao 1º Esquadrão de Helicópteros de Emprego Geral (HU-1) e ficará baseada em São Pedro da Aldeia.

A aeronave é parte de um contrato para fornecimento de três H135, que realizarão variadas missões como transporte de carga, inspeção naval, busca e salvamento e resgate aeromédico, entre outras.

“A Aviação Naval tem se dedicado por mais de um século na proteção das fronteiras do Brasil, em especial da Amazônia Azul e somos muito gratos por poder contribuir com essa história desde a entrega do primeiro Esquilo brasileiro, o N7050, há 41 anos, que está em operação até hoje. Temos certeza de que o H135 continuará cumprindo as exigentes missões feitas pela Marinha do Brasil”, comenta Jean-Luc Alfonsi, presidente da Helibras.

Atualmente, cerca de 130 unidades do H135 estão em operação pelas marinhas de vários países como Alemanha, Austrália, Espanha, Japão e Reino Unido.

Sobre a Helibras

A Helibras é a única fabricante brasileira de helicópteros, subsidiária da Airbus, líder mundial nos segmentos aeroespacial e de serviços relacionadas à defesa. Em seus 41 anos de atividades, a Helibras já entregou cerca de 800 helicópteros no país. É líder do mercado brasileiro com participação de 50% na frota de helicópteros a turbina e mantém instalações em Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Atibaia e Brasília. Sua fábrica, que emprega cerca de 500 profissionais, produz as aeronaves H125 — Esquilo e H225/H225M, além de executar modernizações de aeronaves. A empresa também customiza diversos modelos que atendem os segmentos civil e militar. Em 2019, a Helibras registrou faturamento total de R$ 703 milhões.