O condado de Miami-Dade registrou aumento nas vendas e nos preços dos imóveis em comparação ao mesmo período do ano anterior no segundo trimestre de 2019, conforme a Associação de Corretores de Miami (MIAMI) e o sistema de Serviço Múltiplo de Listagem (MLS).

“Os juros cobrados dos mais ricos em estados com impostos elevados e o declínio das taxas de financiamento imobiliário continuam a impulsionar o mercado de imóveis no sul da Flórida”, disse o presidente do MIAMI José María Serrano. “A recente queda nas taxas de juros em um período de baixa de três anos deve aumentar ainda mais a demanda por propriedades locais.”

Total de volume de vendas em Miami atingiu $3.6 bilhões no segundo trimestres de 2019

O volume de vendas de $2.0 bilhões respondeu pela transações de casas e $1.6 bilhão representou a venda de sobrados geminados e condomínios no segundo trimestre de 2019. As vendas tradicionais chegaram a quase 94% de todas as vendas residenciais fechadas no período, pouco acima dos 93% registrados em igual período do ano passado

As baixas taxas de financiamento imobiliário tornaram a compra da casa própria mais acessível. De acordo com Freddie Mac, a taxa fixa de juros de financiamento por 30 anos girou em torno de 3.73% para o segundo trimestre de 2019, menor do que a média de 4.55% em igual período do ano passado.

Preços médios de imóveis em Miami sobem por 30 trimestres seguidos

O preço médio de uma casa no condado de Miami-Dade subiu para $360,000 no segundo trimestre de 2019, 2.9% a mais do que o valor de $350,000 do mesmo período do ano passado. O preço médio para condomínios existentes aumentou 2.5% em relação ao ano passado (de $240,875 para $247,000). Os preços médios vêm registrando aumentos por 30 trimestres consecutivos, um período de 7.5 anos.

No âmbito estadual, o preço médio de venda para casas no segundo trimestre de 2019 foi de $264,000, 3.3% mais do que o mesmo período do ano passado, de acordo com a Florida Realtors. O preço médio estadual para propriedades como condomínio-sobrados geminados durante o trimestre foi de $195,00, 2.9% mais do que os números do ano passado.

O preço médio de uma casa individual em termos nacionais no segundo trimestre de 2019 foi de $279,600, 4.3% acima do que no segundo trimestre de 2018 ($268,000), de acordo com a Associação Nacional de Corretores (NAR).